• Daniel Cunha

Zeitgeist Coffee Factory Museum

O diretor de arte e designer gráfico de embalagens Hesign, radicado em Shenzhen, na China, cria um design único, ardente e vibrante para o Zeitgeist Coffee Factory Museum

Você já parou para se perguntar qual é o papel do design de embalagens? É para informar, educar ou existir apenas como um simples recipiente? Para o designer gráfico Hesign, o papel da embalagem é surpreender – ou seja, ir além do esperado.


Em seu mais recente projeto, Zeitgeist Coffee Factory Museum, Hesign projetou uma identidade lindamente única para uma marca de café. Usando cores vibrantes e um padrão incomum ele conseguiu construir uma comunicação quase que sensorial para a embalagem do produto. O designer sempre achou que a visão, da maioria das marcas de cafés, é relativamente antiga. Baseadas em conceitos antiquados e cores neutras sendo pouco ou nada ousados na sua comunicação. Desta forma, começou a questionar por que a maioria das marcas de café foi projetada dessa maneira? Por que essas tendências não foram quebradas?


É aqui que entra o Zeitgeist Coffee Factory Museum. Criado como um meio de ir contra a norma, o projeto reflete a mudança de atitude na indústria de design chinesa. "Atualmente", nos diz ele, "a expressão de design mais diversificada no mercado comercial chinês tem mais inclusão e uma forte atmosfera de inovação e diferença".



Com isso em mente, Hesign quis dar um diferencial a este projeto de design de embalagem. Sendo ele um profundo amante de café, vamos apenas dizer que este provavelmente foi um job dos sonhos. O designer aproveitou a sua experiência na degustação diária de cafés (com peculiaridades azedas, doces, amargas, perfumadas) para compor os gráficos das embalagens. Mesmo sem mensagens de texto, você pode sentir as características do sabor dos grãos de café. Seja ardente ou animado, você pode imaginar instantaneamente o sabor desse grão de café quando moído e despejado em uma xícara. Mas, para aqueles que se perguntam sobre seus ingredientes e sabor exatos, também há um texto descritivo na lateral da embalagem que fornece informações sobre os grãos de cada café.


O principal objetivo de Hesign, como designer, é criar algo que atenda às necessidades do consumidor ao mesmo tempo em que ele produz um design que se afasta do mainstream. Há um pequeno ditado que ele ouviu uma vez, e resolveu seguir como seu mantra: "um bom design pode resolver o problema, e um design excelente pode resolver o problema da maneira mais simples". Com isso em mente, Hesign se esforça para resolver problemas através de seu trabalho e construir um sistema que o consumidor possa entender e se relacionar. O Zeitgeist Coffee Factory Museum é um exemplo perfeito disso, mesmo que ele sinta que ainda está na fase de experimentação e prática. "Não espero fazer um design significativo agora", explica ele, "já que ainda estou crescendo".






 

Matéria escrita e editada originalmente por Ayla Ângelos, em 30 de maio de 2022, para o site Creative Boom.

14 visualizações0 comentário